O pagamento do FIES foi suspenso?

Por:

Foi publicada no Diário Oficial da União uma resolução do Ministério da Educação para permitir a suspensão de contratos de financiamento estudantil, o chamado Fies.

Quem estiver em fase de utilização ou carência poderá suspender até duas parcelas. Já os contratos em fase de amortização poderão ter até quatro parcelas suspensas. para isso, o estudante interessado deverá se manifestar junto ao banco. A permissão para a suspensão do pagamento das parcelas do Fies já tinha sido aprovada e sancionada em lei este mês e a resolução, agora, estabelece prazos e critérios de adesão.

A medida vale enquanto durar o estado de calamidade pública.

O que é o FIES?

Criado pelo governo federal em 1999, o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) é um programa do Ministério da Educação (MEC) que viabiliza o ingresso ao ensino superior. Destinado ao financiamento da graduação de estudantes que não têm condições de pagar as mensalidades das faculdades da rede de ensino privada. Como se trata de um empréstimo, ao concluir o curso, o estudante beneficiário terá de pagar a dívida.

O programa de financiamento passou por diversas reformulações ao longo dos anos e, em uma das suas últimas mudanças, passou a ser conhecido como o Novo Fies. Intitulando-se como um financiamento mais moderno.

Com isso, alguns pontos do projeto foram reajustados. O programa passou a ser dividido em três diferentes modalidades a modalidade Fies (ou modalidade I) e a modalidade P-Fies ou (modalidade II e III). Na categoria I o financiamento é ofertado diretamente do governo ao estudante, tendo, por isso, um baixo custo. Já na categoria P-Fies o financiamento é ofertado pelas instituições financeiras, mas com recursos públicos. Por isso, são capazes de ofertar um financiamento mais barato que o mercado, no entanto, mais caro que o da modalidade I. Saiba quem pode participar do Fies e do P-Fies.

Fonte: TV Brasil

Brasil Pandemia

» Últimas Notícias